Dry Needling

Agulhamento Seco

Embora se assemelhe muito à Acupuntura tradicional, inclusive usando o mesmo tipo de agulha, o Dry Needling, ou agulhamento seco, tem como base a terapia ocidental.

A Acupuntura é uma terapia oriental que tem como foco o equilíbrio energético do corpo através dos meridianos, enquanto que, o Dry Needling utiliza as agulhas para atingir diretamente o músculo, assim, a fisiologia musculoesquelética volta ao seu funcionamento correto.

O objetivo principal do Agulhamento Seco é interromper o fluxo de tensão que causa dor nas fibras musculares através dos pontos gatilho ou trigger points que são regiões do músculo que apresentam nódulos enrijecidos. Estes nódulos são provocados por tensionamento muscular ou por falhas na irrigação do sangue.

O agulhamento seco é muito eficiente no tratamento da Síndrome Dolorosa Miofascial ou de disfunções musculoesqueléticas.

A Síndrome Dolorosa Miofascial é uma dor crônica causada por pontos de hipersensibilidade nos músculos ou pontos gatilho, manifestando-se sob a forma de cervicalgia, lombalgia, distúrbio temporo mandibular (DTM), entre outros.

No caso das disfunções musculoesqueléticas, as dores são causadas por lesões teciduais, gerando problemas como bursite, cefaléia tensional, tendinites, osteoartrose, entre outros.

Através de uma anamnese detalhada, o fisioterapeuta, com o auxílio de exames clínicos e complementares, faz o diagnóstico determinando o tratamento mais eficiente.

Os resultados do agulhamento seco são praticamente instantâneos, pois agem diretamente no ponto da dor, sendo perceptível a melhora dos movimentos e distensionamento da área dolorida.

A duração do tratamento depende vários fatores, entre eles, as condições gerais do paciente, nível de dor e de resposta ao tratamento, lembrando que cada caso deve ser analisado de forma individual.